11 julho 2013

BR - Capítulo 5

N/A: Hey, people! Como vão?
Mais uma vez, perdão pela demora e blablabla, vocês já sabem! --'
Vamos ler o cap? Prometo muita diversão, pequenas safadezas e, claro, suspiros! <333
Hahahahahaha'
Muitas cenas legais aqui, são créditos da nossa beta fodex, Aline Bomfim! o/
Enjoy it.

Se preferir ler a versão Bella/Edward, clique aqui.

Capítulo 5: Barcelona – Parte 3

Você será meu William
Eu serei sua Kate
Vivendo como em um conto de fadas
(Bridgit Mendler - Ready Or Not)
.

Barcelona, Espanha – NH Belagua Hotel
10h14min

            Uma pilha de roupas estava espalhada pelo quarto de hotel com uma Kristen bufando e uma Dakota risonha. Depois de tomarem um reforçado café da manhã com direto a muitos morangos e croissants, as amigas tagarelavam enquanto a morena revirava suas malas em busca de algo sexy-sem-ser-vulgar.
            – Robert e Kristen debaixo de uma árvore, b-e-i-j-a-n-d-o, primeiro vem o amor, depois o casamento, depois...
            – Dakota Fanning, pela milésima vez, pare com essa maldita música! – A escritora ralhou, tacando a primeira peça de roupa que estava em seu alcance, na cara da loura, que gargalhava horrores.
            – Ai, amiga, eu não consigo me conter! – ela riu, rodando a blusinha em seus dedos, toda esparramada na cama – Nunca vi você tão girly assim, procurando uma roupa pra agradar um homem.
            – E quem disse que quero agradar alguém? – Kristen repuxou os lábios em um beicinho teimoso, sentada no chão com um par de malas reviradas. – Só quero me sentir bonita...
            –... Pra um certo britânico! – Completou a frase, fazendo a outra revirar os olhos enquanto bufava.
            – Sério, não achei nada pra vestir, eu vou pelada mesmo.
            – Ui, assim vai arrasar corações! – A loura gargalhou antes de olhar surpresa para a delicada blusinha que girava em sua mão. – Olha essa aqui! Por que não usa essa?
            – Top cropped, Kota? – ela inquiriu hesitante, mordendo o lábio – Não é muito revelador?
            – Não se você usar um shortinho de cintura mais alta! – A amiga sorriu, jogando a peça para a morena. – E que mané revelador o quê... Está super na moda!
            – Se você diz...
            Alguns minutos depois, com as malas já arrumadas e um sol lindo invadindo as janelas mediterrâneas do quarto, Kristen estava simples e maravilhosa com a blusinha curta e colada, esboçando um suave decote em harmonia com as alças finas. O tom claro de azul e a estampa florida deixavam ainda mais reluzente a maciez dos seus seios e a parte superior da barriga que estava de fora, combinando perfeitamente com o short jeans batido e seus velhos All Stars pretos.
            Assim que viu o look completo da garota, Dakota sorriu maliciosa.
            – Acho melhor o Robert levar uma cueca extra, se é que me entende.
            A romancista soltou uma risada alta, tentando imaginar como funcionava a mente nada puritana da sua melhor amiga.

Barcelona, Espanha – Parc d'atracciones del Tibidabo

10h41min

 

            Após pegarem um táxi e, depois, um funicular, as garotas apreciavam a vista belíssima para toda a cidade, no alto de Tibidabo – uma montanha pertencente à serra Collserola. Por ficar situado ali, o parque possuía uma visão panorâmica para Barcelona assim como o Mar Mediterrâneo ao longe. Era de tirar o fôlego.
            Muitas pessoas passeavam naquela manhã ensolarada, conversando alto, rindo, e alguns gritos eram ouvidos vindos da montanha russa e da roda gigante, assim como a música Barcelona, de Giulia & Los Tellarini, ao fundo.
            – Ai, eu amo essa música! – Dakota começou a se remexer de um lado para o outro assim que adentraram o parque. – É do filme do Woody Allen, qual o nome mesmo...?
            – Vicky Cristina Barcelona. – A amiga disse, rindo da louca, caminhando até o parapeito gigantesco que dividia a montanha da cidade.
            – Isso! A Scarlett Johansson ficou tão safada naquele filme, meu Deus! – ela moveu as sobrancelhas sugestivamente, ainda dançando – “Hace un calor que me deja fría por dentro con este vicio de vivir mintiendo, que bonito sería tu mar si supiera yo nadar. Barcelonaaaa...”.
            – Ai, que vergonha, se alguém perguntar, não te conheço! – Kristen murmurou, ainda rindo ao colocar seu Ray Ban por conta do sol que irradiava por toda a parte. O dia estava quente, animado e radiante, e ela adorava isso.
            – Alegria de pobre dura pouco mesmo... – A loura resmungou, encostando-se ao anteparo enquanto prendia os cabelos em um rabo de cavalo alto. – E o seu bofe inglês, hein? Quando é que ele vai chegar?
            – Não sei, ele...
            E como se estivesse pressentindo o assunto, o iPhone da morena vibrou com uma nova mensagem de texto.

Bom dia, milady =)
Você e Dakota já chegaram ao parque? Estamos esperando vocês.
Rob.

            Kristen sorriu com a saudação, mordendo o lábio inferior enquanto teclava rapidamente uma resposta.

Bom dia, milord ;)
Acabamos de chegar.
Estamos perto do parapeito, ao lado da montanha-russa!
K.

            – Sorriso safado mais bochechas coradas é igual a Kristen Stewart paquerando alguém! – Certa monstrinha começou, cheia de segundas intenções, fazendo a escritora revirar os olhos e sorrir ao dar um soco em seu ombro.
            – Nem comece, desde ontem você não me deixa em paz por causa disso!
            – Baby, você sabe o quanto eu gosto de ver você assim, mais leve e empolgada. – Dakota sorriu, apertando a pontinha do nariz arrebitado da morena.
            – Eu sei, e é por isso que eu amo você, sua enxerida insuportável! – ela prendeu a amiga em um abraço, incapaz de não sorrir junto com a pequena.
            – Claro, claro. Todos me amam, sou irresistível!
            E antes que pudesse devolver um comentário irônico para a amiga, a romancista avistou o fotógrafo caminhando até ela, ao lado de Tom. Kristen se desvencilhou da loura, sorrindo para os dois que logo se viam a sua frente.
            Thomas estava com seu costumeiro chapéu cinza, bermuda, camiseta e sorriso cafajeste, à medida que Robert também trajava uma bermuda, embora com uma camisa de flanela aberta por cima da camiseta branca – ele estava lindo olhando para ela como se não houvesse amanhã, mas isso era óbvio.
            O britânico, no entanto, tentava controlar sua ansiedade pré-adolescente quando recebeu a resposta de Kristen e correu para encontrá-la na entrada do parque de diversões. A morena estava fodidamente maravilhosa em seus jeans curtos e naquele decote enviado por algum escravo de Hades. Como poderia ter um ar tão jovial e ser sexy como o inferno?
            – Há quanto tempo, amigos! – Dakota estourou a pequena bolha que começava a se formar ao redor do casal, abraçando os britânicos, assim como a amiga.
            – Muito tempo, tipo umas doze horas. – Tom provocou, recebendo um olhar raivoso da loura. – Mas o Rob sentia falta da Kristen como se não a visse há mil e uma noites, ou qualquer frase gay assim.
            – Meu amigo é um exímio piadista, vamos rir pra ele não ficar no vácuo. – O companheiro murmurou com uma falsa carranca, arrancando uma risadinha das meninas.
            – Sou inesquecível mesmo, eu sei – A morena piscou divertida, atiçando ao abraçar o inglês.
            Rob riu com a provocadora, sentindo-se bem de imediato em sua companhia; era incrível a capacidade que aquela pentelha de Hollywood o fazia sentir. Pentelha no bom sentido, é claro, já que ele ainda tentava se recuperar da visão privilegiada que aquela blusinha dava aos seios pequenos e tentadores demais para o bem de qualquer ser humano.
            – Então você trouxe seu parque de diversões particular para conhecer um parque de diversões oficial? – ele brincou, impossível de conter aquelas palavras para si mesmo.
            Kristen olhou-o totalmente confusa.
            – Você tomou café batizado antes de vir pra cá? – Perguntou com um sorriso, tentando entender o que diabos ele quis dizer com aquela pergunta ridícula.
            Como resposta, ele somente olhou para baixo – rumo ao seu decote, mais especificamente. A morena arregalou os olhos quando 2+2 virou 4.
            – OMG, Robert, seu pervertido! – ela brigou, cobrindo os seios com as mãos antes de cair na gargalhada com o britânico – Parque de diversões, hein? Pode ficar bem longe daqui, mocinho.
            – Relaxa, hoje o único parque de diversões que eu quero é o Tibidabo. – Sua voz foi alta com uma risada, jogando seu braço distraidamente por sobre os ombros da garota.
01 julho 2013

Respiro Me - 18 curiosidades sobre a história


Hey! Cadê os antigos leitores de Respiro Me por aí? Depois de alguns meses que a fanfic foi finalizada, decidi trazer a vocês 18 curiosidades sobre a história, minhas ideias originais e cenas que estariam incluídas na história.
Espero que gostem!


1 - O título da fanfic foi inspirado na música "Breathe Me", da cantora Sia.
2 - Inicialmente, eu não iria misturar Twilight com Vampire Diaries, ou seja, Bella não seria casada com Damon Salvatore, e sim com um humano chamado Ian.
3 - No início das minhas ideias também, Edward não seria casado nem teria uma filha... Ele teria vagado sozinho durantes os anos que ficou longe de Bella.
4 - A história, se assim tivesse seguido, seria uma short-fic de apenas 5 capítulos ou menos.
5 - É engraçado o fato de eu ter escolhido a atriz Charlize Theron pra interpretar a esposa de Edward em Respiro Me, porque ela é a rainha Ravena no filme da Branca de Neve e o Caçador, onde a Kristen é a protagonista - e a fanfic veio muito antes de sequer as cogitarem pro filme.
6 - Antes de escolher a Charlize pra ser a esposa de Edward, a atriz Kate Holmes quase foi escolhida, bem como Katy Perry e Luna, que seria a Paloma Bernardi.
7 - A história se passa na Itália porque - além de ser um país que eu simplesmente amo - é onde nasceram Stefan e Damon Salvatore, segundo os livros de Diários do Vampiro.
8 - O reencontro de Edward e Bella aconteceria no hospital em que trabalham e não na festa beneficente.
 
Template feito por Nathália Almeida, exclusivo para disponibilização no Single Themes. Não retire os créditos!